18 de jan de 2012

APEU 31 anos - Por Sandro Mattos


Aos meus irmãos da APEU e a todos os meus irmãos umbandistas!

Lembro como se fosse hoje daquele 17 de janeiro de 1981, quando meu pai dirigiu a reunião que fundava a APEU – Associação de Pesquisas Espirituais Ubatuba, contando especialmente com familiares e alguns poucos conhecidos, dando início ao que hoje completa 31 de fé, amor e caridade a tantos que procuraram e ainda procuram esse ponto de luz comandado pelo Caboclo Ubatuba, que tem sempre ao seu lado outras entidades da casa, como por exemplo, a Cabocla Indira, Seu Águia Branca, Exu das Sete Portas, Exu Maré, Seu Flecha Dourada, Cabocla Jurema, Caboclo Boiadeiro da Jurema e tantos outros que, é melhor parar de citar os nomes, pois não quero correr o risco de esquecer alguma das entidades espirituais que lá labutam nas sessões espirituais e também no nosso dia-a-dia.

Na época, eu, ainda criança, com 5 ou 6 anos, já me fascinava com tudo aquilo. E continuo até os dias atuais rsrsrs e se Deus permitir, assim será até o dia em que eu voltar aos planos da espiritualidade.

Hoje só tenho a agradecer pelo caminho que segui, especialmente aos meus pais, que além de pais biológicos, são aqueles que direcionam meu lado espiritual: Pai Silvio Mattos e Mãe Cleide Mattos.

Agradeço aos que estão conosco desde essa época, como verdadeiros guerreiros na luta contra as forças do mal e na busca da evolução do grupo e individual de cada ser.

Agradeço também aos meus irmãos de fé, que atualmente ajudam nesta batalha diária que é manter uma casa espiritual aberta para a prática da caridade de forma livre e desinteressada.
Nosso mentor nos ensina: a corrente é forte quando os elos são fortes e unidos.

Agradeço aos que já fizeram parte desta família e que hoje seguem outros caminhos, pois, cada um, a seu modo e no momento oportuno, ajudou a construir essa trajetória.

Agradeço aos amigos e simpatizantes da nossa instituição e dos membros que dela fazem parte, tenham vocês nos visitado ao menos um dia, ou àqueles freqüentam todas as sessões, sem esquecer aqueles que nos conhecem ou admiram nosso trabalho, mesmo que à distância.

Agradecemos aos irmãos que encontramos nos eventos espalhados pelo Brasil afora, em especial, aqui em São Paulo, que sempre nos tratam com muito amor, carinho e respeito.

Agradeço aos que nos ajudam ou nos ajudaram, independente da forma e do motivo. Tenha certeza: você é importante pra nós!

Agradeço aos que fizeram cursos na casa, dando o valor por este trabalho praticado na casa, sempre de forma gratuita, desde os anos 80, onde pedimos a cada um de vocês apenas uma coisa: vontade de aprender e de ensinar, seguindo as diretrizes indicadas em 1908: “aprender com que sabe mais e ensinar aos que sabem menos”.

Ufa!!!

Em outubro de 2011 realizamos um evento para comemorar o 30º aniversário da APEU, e passou tão rápido... hoje completamos 31 anos.

Só temos que agradecer a Deus Pai Todo Poderoso, ao Mestre Jesus, aos Orixás e aos Mentores Espirituais que nos assistem, pedindo para que continuem abençoando esta casa para que continuemos com as portas sempre abertas a tantos que nos procuram em busca de alívio e conforto espirituais.

Obrigado Pai Oxalá e Pai Oxóssi!

Obrigado Caboclo Ubatuba e Cabocla Indira!

Obrigado Seu Sete Portas e Exu da Maré!

Obrigado aos Pretos Velhos, especialmente Pai João de Aruanda e Vovó Maria Conga!

Obrigado Pai Sete Quedas da Cachoeira por me trazer à vida!

Obrigado Meu Pai e Mestre, Caboclo Boiadeiro da Jurema, pelos ensinamentos e pela confiança em nosso grupo de Ogãs!

Obrigado a todas as entidades espirituais que atuam, seja no campo físico, como apenas no campo espiritual da casa!

Saravá!

Sandro Mattos

Ogã Alabê e secretário

Eterno aprendiz...

Nenhum comentário:

Arquivo do Espaço

O que tem no Espaço!

Ponto de Caboclo Flecheiro

Ponto de Caboclo Flecheiro

Ponto de Cabocla Jurema

Ponto de Cabocla Jurema